Livro: Caraval | Resenha




Livro: Caraval
Autor: Stephanie Garber
Editora: Novo Conceito
Data de publicação: 31 de janeiro de 2017
Gênero: Literatura Fantástica, Jovem Adulto.

Sinopse:

Scarlett nunca saiu da pequena ilha onde ela e sua irmã, Donatella, vivem com seu cruel e poderoso pai, o Governador Dragna. Desde criança, Scarlett sonha em conhecer o Mestre Lenda do Caraval, e por isso chegou a escrever cartas a ele, mas nunca obtivera resposta. Agora, já crescida e temerosa do pai, ela está de casamento marcado com um misterioso conde, e certamente não terá mais a chance de encontrar Lenda e sua trupe, mas isso não a impede de escrever uma carta de despedida a ele.


Dessa vez o convite para participar do Caraval finalmente chega à Scarlett. No entanto, aceitá-los está fora de cogitação, Scarlett não pretende desobedecer ao pai. Sendo assim, Donattela, com a ajuda de um misterioso marinheiro, sequestra e leva Scarlett para o espetáculo. Mas, assim que chegam, Donattela desaparece, e Scarlett precisa encontrá-la o mais rápido possível.

O Caraval é um jogo elaborado, que precisa de toda a astúcia dos participantes. Será que Scarlett saberá jogar? Ela tem apenas cinco dias para encontrar sua irmã e vencer esta jornada.

Resenha:

Fala meus leitores e leitoras, já tem uns dois dias que concluí Caraval, talvez três e estava praticando a arte da procrastinação para escrever essa resenha, mas enfim, aqui estamos e vamos falar um pouco sobre como foi minha experiência com esta obra literária.

Sempre cientes que aqui serão expostas apenas minhas impressões sobre, evitando spoilers para não estragar futuras leituras que possam acontecer por parte de vocês.

Vamos lá, Caraval foi um livro que me ganhou pela capa, e que capa, meus senhores, todo o trabalho em alto relevo, as letras luminosas, as modificações de cores conforme você move ela na luz, magnifico.



Só tenho elogios para todo o trabalho empenhado nesta capa, mas não somente nela, mas também na divisão dos capítulos onde a borda era rodeada de flores e dando aquele toque de antigo e delicado, achei incrível.



Arrisco dizer que esta entre os livros mais bonitos da minha estante sem sombra de dúvidas.
A diagramação é boa, o espaçamento e bordas também estão em um tamanho bom.



Mas infelizmente, beleza nem sempre quer dizer um bom conteúdo, talvez por ter criado grandes expectativas com o nome Caraval, que na minha cabeça já vinha toda aquela coisa dos carnavais americanos, aqueles circos itinerantes que iam de um lugar a outra mostrando seu espetáculo para o mundo, pelos quais sou apaixonado, os Carnivals.

Se você pegar para ler, vai ver como tem relação o nome com esses circos de espetáculos que acabei relacionando.

A escrita de Stephanie é boa, porém confusa demais, teve momentos que achei ter pulado um capítulo pois ficava sem entender ou parecia que faltavam páginas no livro.

A história é boa, porém peca muito, faltam partes, arcos que não fazem sentido, ciclos mal concluídos, quando ela começa a fazer algum sentido, desanda feito creme chantilly que você passou do ponto.

Eu conheci Caraval sendo classificado como distopia, depois vi que era literatura fantástica e no final de tudo, não sei ao certo onde o encaixaria, é um misto e confusão de literaturas que ficou complicado se afeiçoar a história.

A escrita não é ruim, rica em detalhes, cenários bem desenvolvidos, mas faltou algo para dar sentido a tudo aquilo, algo que trouxesse encanto ou que prendesse a atenção.

E no final quando nos da a entender que teremos um segundo livro, não senti emoção alguma ou vontade de pegar o próximo.

Eu não sei se recomendaria a leitura, leia por sua própria conta e risco, as vezes você tem uma impressão diferente da minha, não é totalmente descartável o livro, mas não foi o que esperava.

NOTA: (3,0) ★★★

Livro: Caraval
Autor: Stephanie Garber
Editora: Novo Conceito
Publicação: 2017 / Páginas: 352




4 comentários

  1. Nossa que livro lindo! muito ansioso para ler! adorei seu blog <3
    Beijos https://strangerboy01.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Livro é lindo mesmo!! Fiquei apaixonado por ele, espero que curta a leitura.

      Excluir
  2. Oi Douglas
    Puxa que pena...é ruim quando o texto não colabora, né?
    A capa é linda e eu amei suas fotos!
    Muito bacana seu post
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simmm ... bem triste!! Mas pode ter sido minha expectativa que estava alta demais, não sei, a capa é maravilhosa e todo o trabalho artístico. Obrigado pelo comentário, abraços!!

      Excluir